Intercâmbio

5 de outubro de 2017 | Publicado em Arquivo de Notícias, Notícias | Comentários desativados

Professores do curso de Direito visitam Tribunal e associação de advogados na cidade de Tessalônica, Grécia

Durante o último mês de setembro, professores do curso de Direito da FESP visitaram a cidade de Tessalônica, segunda maior cidade da Grécia. O objetivo foi visitar a Associação de Advogados de Tessalônica – que corresponde a uma regional da Ordem dos Advogados do Brasil -, que está localizada junto ao Tribunal de Justiça da referida cidade.

A comitiva de professores da FESP foi formada por professores que representaram cada uma das áreas do Direito: prof. Gilson Bonato (Penal); Prof.ª Heiga Engel (Constitucional); Guilherme Borba Vianna (Empresarial/Consumidor); prof.ª Rita de Cássia Correa Vasconcelos (Civil); prof.ª Andrea Abrahão Costa (Processo e Direito Civil) e prof. Constantino Comninos (Direito Econômico).

Durante a visita, os professores da FESP conheceram o presidente da Associação de Advogados de Tessalônica, que manisfestou o interesse em realizar um convênio com a FESP. O convênio já está sendo elaborado pelo professor do curso de Direito da FESP, Constantino Comninos, que também é o cônsul honorário da Grécia em Curitiba. Com a formalização a FESP terá a oportunidade, já no próximo ano, de promover um intercâmbio de alunos para freqüentar cursos de curta duração na Universidade Aristotélica de Salônica – a maior universidade da Grécia.

Prof. Constantino Comninos, prof.ª Maria Lambros Comninos, Dr. Lazaro e Prof. Gilson Bonato

A visita aconteceu durante o mês de setembro, que marca o início do segundo semestre acadêmico na Grécia. Para o coordenador do curso de Direito da FESP, prof. Gilson Bonato, a visita foi marcada pela experiência de conhecer pessoalmente um dos berços do Direito:

“A visita à Grécia faz parte do programa de internacionalização da FESP. Tivemos a oportunidade de assistir parte de uma audiência criminal, contando com uma explicação posterior. Apesar das semelhanças, a maneira de exercer o Direito é muito diferente da brasileira, o que enriquece o repertório dos professores e, conseqüentemente, contribui também para a formação dos alunos da FESP”.

Abaixo, algumas fotos da visita:

 

Os comentários estão encerrados.