História

CRONOLOGIA FESP

1937: No final da década de 1930, um grupo de professores da Escola Técnica de Comércio De Plácido e Silva transformou um sonho em realidade: a criação da Faculdade de Ciências Econômicas do Paraná, lançando o primeiro curso superior de Economia do estado e se transformando na segunda mais antiga Instituição de Ensino Superior do Paraná.Fundada pelo emérito educador, professor e jurista Oscar Joseph de Plácido e Silva, desde os seus primórdios se caracterizou como uma instituição preocupada não apenas com conhecimentos e informações, mas também em revelar competências.

1951: O professor Oscar Joseph de Plácido e Silva dirigiu a instituição de 1937 a 1951, sendo substituído por Joaquim de Almeida Peixoto,que transformou a faculdade em uma sociedade civil de professores. 

1967: Em 1967, a Faculdade de Ciências Econômicas é transformada em Fundação de Estudos Sociais do Paraná, fundação de ensino superior sem fins lucrativos, na Rua General Carneiro nº 216, em um prédio com dez salas de aulas.

1969: Inauguração da sede própria situada à Rua General Carneiro, nº 216.

1974: É criado o ICSP – Instituto de Ciências Sociais do Paraná – com o objetivo de gerenciar os cursos de graduação e extensão. O Instituto é responsável pelo ensino dos cursos ofertados, buscando a formação de profissionais capacitados.

1975: Inauguração de mais uma ala da FESP.

1982: O decreto nº 87.061 de 29/03/1982 declara a Utilidade Pública da FESP em caráter permanente.

2000: Prof. Pery Suplicy de Almeida assume a presidência no lugar do Prof. Joaquim de Almeida Peixoto. (Após 51 anos como Presidente da FESP, Prof. Joaquim de Almeida Peixoto deixa o cargo, assumido pelo Prof. Pery Suplicy de Almeida). 

2002: Inaugurado o novo prédio – composto por 36 salas de aula – e o Auditório Oscar Joseph de Plácido e Silva, com capacidade para 400 pessoas.

2005: Prof. Sergio Manoel Masteck Ramos assume a presidência no lugar do Prof. Pery Suplicy de Almeida.

2009: Assume a presidência o Prof. Antonio Carlos Morozowski.

É firmado com a Florida Christian University (EUA) parceria, dando origem ao primeiro programa completo de Internacionalização de Carreiras, que atende tanto a alunos da FESP como demais interessados da comunidade brasileira.

O ICSP – Instituto de Ciências Sociais do Paraná é transformado em Faculdade de Educação Superior do Paraná (FESP) mantida pela Fundação de Estudos Sociais do Paraná (FESP).

Assinatura do convênio com o CIEE/PR (Centro de Integração Estudante Empresa do Paraná) para o programa “Menor Aprendiz”.

2010: Ano da primeira edição do INTERBUSINESS, Seminário Internacional de Negócios criado a partir da relação entre Curitiba e Orlando (USA) advinda do programa de Cidades-Irmãs da ONU.

A FESP firma parceria com o Colégio SESI, que passa a utilizar as instalações da Faculdade para as atividades do Ensino Médio.

2013: Assume a atual diretoria da FESP, formada por:
Prof. Carlos Eduardo de Athayde Guimarães – Presidente
Prof. Luiz Fernando Ferreira da Costa – Diretor Acadêmico
Prof. Elcio Orlando Calegari – Diretor Administrativo-Financeiro

O curso de Bacharelado em Comércio Exterior é reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) com conceito 4 – de um máximo de 5.

A Fundação de Estudos Sociais do Paraná recebe da Câmara Municipal de Curitiba os “Votos de Congratulações e Aplausos”, homenagem aos 76 anos de serviços prestados na área do Ensino.

2014: Após a visita do MEC realizada em 2013 para o credenciamento em Educação a Distância (EaD), onde a FESP obteve conceito 4 (de 5), a Instituição aguarda a autorização para o funcionamento do curso de Administração de Empresas na modalidade EaD.

Atualmente oferece o melhor ensino em Ciências Econômicas, Ciências Contábeis, Administração de Empresas, Sistemas de Informação, Comércio Exterior e Direito, além de diversos cursos de Pós-Graduação.

Em mais de 76 anos de história, aliando tradição e modernidade, formou mais de 20.000 profissionais nas diferentes áreas do saber, com ética e conhecimento para ajudar a construir a história do Paraná e do Brasil.

 

Os comentários estão encerrados.