Global Management & Education

Durante os anos de 2013 e 2014, a FESP realizou o evento chamado Global Management & Education, que reuniu em suas duas edições pesquisadores, alunos e professores da Harvard University (EUA) e da University of Oxford (Inglaterra), os quais apresentaram palestras sobre a relação entre educação e práticas de gestão.

A edição de 2013 foi marcada pela presença de Kurt Fischer, diretor do Departamento de Neurociência da Harvard University, que apresentou a palestra “Cérebro, mente e ensino”, enfatizando que a escola não pode ser considerada pelos alunos como algo tedioso, e que eles, os alunos, devem ser o ponto central da educação. O diretor Fischer lembrou, também, que os professores são a chave para encontrar os melhores problemas de pesquisa, revelando os caminhos que o meio acadêmico percorrerá para resolver esse desafio.

Ainda em 2013, a comitiva formada pelos representantes da Harvard University, acompanhados por professores da FESP, realizou uma visita ao Colégio Estadual do Paraná (CEP), onde foram recebidos pela diretora do CEP, Laureci Schmitz Rauth. Após uma conversa sobre metodologias de ensino, os palestrantes do Global Management & Education fizeram um tour pelo colégio, além de conversarem com os alunos.

Em 2014, a segunda edição do evento contou com uma palestra de Ken Mayhew, professor da University of Oxford, e de Gigi Luk, professora da Harvard University. Mayhew falou sobre a relação entre o ensino e o mercado de trabalho, mostrando, com dados sólidos, a importância do planejamento no investimento em educação. Por sua vez, Gigi Luk palestrou sobre o impacto que uma segunda língua tem em nossa cognição, o que, segundo a professora de Harvard, contribui para a compreensão de repertórios distintos.

Para a aluna de Comércio Exterior da FESP, Joana Maria Dias da Costa, que participou da segunda edição do evento, é “muito importante esse aspecto da internacionalização enfatizado pela FESP, sobretudo para o meu curso: Comércio Exterior. Ter a oportunidade de ouvir professores de outros países, de universidades como Harvard e Oxford, é um diferencial para nossas carreiras.

Os comentários estão encerrados.